SENAR CAPACITA INSTRUTORAS DE RORAIMA PARA O PROGRAMA MULHERES EM CAMPO - Sistema FAERR|SENAR
  • Postado por: ASCOM/SENAR
  • 13 de Maio de 2019 às 09:57
  • 12
  • 0

 

 
 O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) capacitou, entre os dias 6 e 10 de maio, em Brasília, 19 novas instrutoras para atuarem no “Mulheres em Campo”. De Roraima participaram da capacitação as  instrutoras Cátia Aparecida, Fernanda Ramalho, Jouse Moreira e Poliany Ferreira.

Material didático do Programa Mulheres em CampoMaterial didático do Programa Mulheres em Campo

Durante os cinco dias de formação, as instrutoras das Administrações Regionais do Senar do Maranhão, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Roraima e Santa Catarina realizaram as atividades dos cinco módulos do programa: Diagnóstico e Empreendedorismo; Planejamento; Custos de Produção; Viabilidade de Comercialização e Desenvolvimento Pessoal.

A coordenadora nacional do Programa Mulheres em Campo, Renata Vaz, explica que as novas instrutoras vivenciaram o passo a passo do conteúdo do programa para potencializar o processo de aprendizagem das produtoras rurais.

Renata Vaz
Renata Vaz

“Trabalhamos questões técnicas relacionadas à gestão e ao empreendedorismo. Focamos também na área de desenvolvimento pessoal com a identificação de habilidades que contribuem com a geração de renda na propriedade rural, mostrando a capacidade e força das mulheres”, destacou Renata.

O treinamento foi conduzido pela multiplicadora Juliana Krupp, que também foi uma das responsáveis pela elaboração do programa.

Juliana Krupp
Juliana Krupp

“O programa Mulheres em Campo vai além do compartilhamento de técnicas e práticas para a geração de renda. Contribui para a mudança de vida, por isso as novas instrutoras têm papel fundamental para mostrar novas perspectivas e possibilidades para as mulheres do meio rural”, destacou Juliana.

Camila Gomes Marinho foi uma das participantes do treinamento. Ela já atua como instrutora do curso de Manejo de Piscicultura em Viveiro Escavado no Senar do Piauí desde 2015.

Camila Gomes Marinho

“A experiência foi maravilhosa porque tivemos a oportunidade de atuar desde o planejamento, passando pela identificação das potencialidades dentro da propriedade rural até a comercialização de produtos. Foi muito importante desenvolver essas aptidões para levar esse conhecimento até as mulheres do nosso meio”, observou.

Instrutora de cursos de Formação Profissional do Senar Rio de Janeiro há oito anos, Carolina Castelo Branco Barros, está entusiasmada com a possibilidade de atuar em um programa voltado especificamente para mulheres.

Carolina Castelo Branco Barros
Carolina Castelo Branco Barros

“Foi muito enriquecedor trocar experiências e conhecer a realidade de pessoas de outros estados e por ser filha de produtores rurais, vou iniciar colocando os conhecimentos em prática na minha casa”, concluiu.

Sobre o curso – O Programa Mulheres em Campo tem carga horária total de 40 horas, dividida em cinco encontros de 8 horas, com intervalos de 7 dias entre eles. Durante os encontros, as mulheres participam de discussões, dinâmicas, atividades de grupo, realizam atividades individuais e com a suas famílias. Também fazem estudos de caso e outras formas de exposição, que tornam o aprendizado mais efetivo e interessante.

No ano passado, o programa de gestão e empreendedorismo atendeu 6.483 produtoras rurais gratuitamente.

 

Assessoria de Comunicação CNA/SENAR-RR
Fotos: Tony Oliveira
Telefone: (61) 2109-1419- 3224-7024
flickr.com/photos/canaldoprodutor


Deixe seu comentário:

0 Comentário